27 de nov de 2011


O efeito seria possível através do uso de nanotubos de carbono, que já são capazes de fazer com que materiais desapareçam por completo embaixo d'água.

Para quem não sabe, os nanotubos de carbono (NTC, na sigla em inglês) são cilindros microscópicos compostos por moléculas - de carbono, claro - que possuem propriedades de altíssimo valor no campo da nanotecnologia, eletrônica, óptica e outros segmentos. Além disso, possuem propriedades de condução térmica, mecânica e elétrica, contribuindo para inúmeras melhorias nas estruturas dos materiais.

Os nanotubos de carbono foram utilizados para que os objetos não reflitam a luz, tornando-os invisíveis. Isso não permite que as coisas realmente desapareçam ou fiquem transaparentes de verdade, mas o material em questão fica preto. Caso ele seja colocado num fundo escuro, não importa o quanto procure: não será possível enxergar nada, pois o objeto "some".

A NASA tem usado essa tecnologia para escurecer o interior de telescópios. No entanto, um grupo de pesquisadores da Universidade de Michigan (EUA) já realiza testes para esconder objetos com os aparelhos. O tanque da imagem, mostrada acima, é pintado com os nanotubos de carbono para então desaparecer no fundo escuro.

Comentário

Copyright 2014 - Artenópolis Marketing Digital. All rights reserved.