12 de nov de 2012

Kim Dotcom escolheu a Nova Zelândia para hospedar a nova versão do Megaupload. Em um tweet, ele divulgou o endereço do Mega, afirmou estar amparado pela lei e que seu produto é legal.

A informação vem poucos dias após o governo do Gabão determinar a retirada do site do ar, sabendo que Dotcom queria manter o site naquele país. O ministro das Comunicações local, Blaise Louembe, disse que tomou a decisão para "proteger os direitos de propriedade intelectual" e "lutar efetivamente contra o cibercrime".

Inconformado, Dotcom comentou que tinha um domínio alternativo e culpou os Estados Unidos pela derrota. O criador do Mega ainda ironizou a atitude do Gabão, dizendo que o ministro usou uma máquina do tempo para analisar a legalidade futura do site.

Ao acessar o me.ga, o internauta era redirecionado automaticamente para o site pessoal de Dotcom, já que o serviço só passará a funcionar efetivamente em janeiro. Agora, o endereço é mega.co.nz.

Comentário

Copyright 2014 - Artenópolis Marketing Digital. All rights reserved.